A INOVFLOW, implantou o projeto cujos principais objetivos passavam pela otimização de processos através da sua desmaterialização.

"A Sotecnisol adotou plataforma de transações eletrónicas da Yet para otimizar os processos de faturação com os seus clientes e ganhar competitividade. De acordo com um comunicado, a tecnologia permitiu à primeira empresa alcançar uma redução imediata de 30% nos custos administrativos. Na sequência do projeto, implanto pela Inovflow, foi possível um “aumento da produtividade dos recursos disponíveis, através da sua realocação em tarefas de maior valor acrescentado para o negócio”.

Com perto de dois mil clientes – em Portugal, Espanha, Itália, Angola e Argélia – a Sotecnisol passou a enviar através da nova plataforma as faturas bem como os autos de medição (ferramentas de gestão e controlo orçamental) associados a cada projeto faturado. “Isto resultou, entre outros benefícios para o negócio, numa aceleração das relações comerciais com os clientes, bem como na eliminação dos encargos com papel, envelopagem e expedição associados ao processo de faturação”, diz o comunicado.

De acordo com o mesmo, a Soctenisol obteve um volume de faturação superior a 27 milhões de euros em 2011. “Se acrescentarmos à otimização dos processos e recursos existentes, a poupança de recursos ambientais proporcionada pela transação eletrónica de documentos, estamos simultaneamente a dar continuidade à nossa política de responsabilidade ambiental e a contribuir para o sucesso do nosso negócio”, afirma José Luís Castro, presidente executivo da Sotecnisol."

(in ComputerWorld Site, publicado a 02-10-2012, por Comunicado de imprensa)

Pin It