Search Engine Optimization: o que é o SEO e como melhorar o posicionamento do seu website nos motores de pesquisa?

Quando o tema é estratégia de Marketing Digital, torna-se impossível deixar de fora ações com foco em Search Engine Optimization (SEO). Neste artigo, vamos desmistificar o conceito e revelar algumas dicas práticas para potenciar o sucesso.


Comecemos pelo princípio: o que é Search Engine Optimization?


Como o próprio nome indica, SEO não é mais do que a otimização do website para motores de pesquisa através de técnicas que influenciam o posicionamento – tendo como ponto de partida as palavras-chave importantes para o negócio.


O SEO pode envolver diversas componentes. Para facilitar, dividimos em duas categorias:


SEO On-page

Processo de otimização realizado em cada página do website.


SEO Off-page

Processo de otimização realizado fora do domínio do website.


Antes de continuarmos para a especificação de cada uma delas, há algumas questões críticas a considerar para garantir o melhor posicionamento possível nos motores de pesquisa:


Mobile first e experiência de utilização

Desde 2016 que o Google passou a considerar como base para as pesquisas a versão mobile dos websites, pelo que é fundamental que sejam responsivos e proporcionem uma experiência de utilização tão boa no desktop como em qualquer outro dispositivo.


Velocidade

A recomendação é que o carregamento do website não ultrapasse os 3 segundos (faça o teste do seu no PageSpeed Insights do Google).


Segurança

Se o seu website ainda não tem o certificado de segurança SSL (HTTPS) resolva este problema rapidamente.


Sitemap

Por último, mas não menos importante, é fundamental ter um mapa do site (Sitemap),  e enviar o link gerado para o Google Search Console e Bing Webmasters. Os Sitemaps ajudam os motores de pesquisa a identificar e organizar o conteúdo do seu website.


SEO-on-page

SEO on-page

A produção do conteúdo a partir de uma palavra-chave é o ponto central para a otimização, devendo facilitar ao máximo a leitura (scan) por parte dos motores de pesquisa. Isso significa contar com:


  • Headings (Título, H1, H2, H3, etc): inclua a palavra-chave no Título da página e num dos Headings (atenção – não colocar mais do que um H1). De salientar que a parte visível do título da página tem 60 caracteres. Mantê-lo até esse tamanho garante que o público-alvo vai vê-lo por inteiro, o que aumenta a taxa de cliques na página de resultados, melhorando o ranking.

  • Parágrafos curtos: crie parágrafos objetivos e linguagem adequada ao público-alvo. Utilize a palavra-chave logo no primeiro e depois mais 3 a 5 vezes ao longo do texto. Escreva sempre que possível mais de 300 palavras por página, pois é o estimado como mínimo para o motor de pesquisa considerar que a sua página tem conteúdo relevante sobre o tema.

  • Bullet points, negrito e itálico: destaque algumas palavras e frases, e crie pequenas listas dentro do próprio conteúdo para organizá-lo, dar maior dinamismo e facilitar a compreensão.

  • Imagens e Vídeos: acrescente meios visuais para tornar o conteúdo mais completo e apelativo, e insira a palavra-chave no denominado “alt-text” (texto alternativo).

  • URL amigável: a palavra-chave no endereço da página ajuda a dar-lhe relevância e facilita a identificação do conteúdo (use até 76 caracteres). Caracteres especiais (ex: ç, ã, ó, í) podem causar problemas de acessibilidade e ranking nos motores de busca. Note também que deve haver o mínimo de subpastas na URL. Uma página com muitas subpastas sugere que está “escondida” no website e diminui sua autoridade. Isso pode ser evitado se a home (página inicial) tiver um link direto para a sua página.

  • Links internos e externos: adicione links para conteúdos internos e externos, relacionando temas semelhantes e permitindo que o visitante possa enriquecer o conhecimento com mais conteúdos. Mas nunca coloque os links na palavra-chave para a qual está a otimizar a página.

  • Meta Description: A Meta Description é valiosa para atrair cliques nas páginas de resultados de pesquisa, o que melhora também seu ranking. Mas tenha em atenção que acima de 320 caracteres o texto é cortado, prejudicando a experiência de leitura.

SEO off-page

O Link Building é aqui a principal forma de otimização e o objetivo é conseguir que outros websites credíveis apontem links para o seu website, dando-lhe maior relevância e autoridade. Há algumas maneiras de consegui-lo:


  • Guest Posts: escreva para outros blogs que sejam referência no seu setor e use links ao longo do texto a apontar para páginas do seu website. Pode utilizar a técnica de “permuta” e publicar no seu blog textos de autores convidados.

  • Co-Marketing: crie materiais criados em conjunto/parceria com outra empresa e em que ambas apontem para o website uma da outra.

  • Assessoria de Imprensa: fortaleça a relação com os media através do envio de Press Releases e artigos de opinião. A sua publicação online vai ajudar a posicionar a sua empresa como referência na área em que atua.

  • Pesquisa de diretórios online relevantes em que faça sentido a sua empresa estar presente.

  • Criação de conteúdos educativos de excelência que promovam a partilha e links para o seu wesbite.

É sempre importante ter em mente que estas estratégias só geram resultados se tiverem como foco a qualidade dos conteúdos. Afinal, já passou o tempo em que os motores de pesquisa se focavam apenas na quantidade e conseguiam ser “enganados” com as denominadas técnicas de black hat. 


Se está a iniciar a sua jornada de Search Engine Optimization, siga as dicas deste artigo para arrancar o projeto. Se precisa de ajuda para ir mais além ou se tem falta de competências internas, conte com a experiência e know-how da INOVFLOW nesta área!


Entretanto, subscreva a nossa newsletter para ficar a par de todas as novidades e não perder nenhum artigo do blog da INOVFLOW.


Vitor Almeida
Marketing Manager
INOVFLOW

Comments are closed.