Porquê e como anunciar no Google Adwords: o bê-a-bá de uma campanha de sucesso

Hoje em dia já não há dúvidas sobre a importância do Marketing Digital. Vivemos num mundo cada vez mais online e é preciso estar onde os potenciais clientes estão para se conseguir gerar mais negócio. Como 60% do processo de compra já está feito quando alguém contacta uma empresa, é fundamental aparecer na altura em que são efetuadas pesquisas sobre os produtos/serviços. Para tal, em conjunto com estratégias SEO (Search Engine Optimization), há que investir em publicidade online para acelerar e garantir que a mensagem chega ao seu destinatário, gerando tráfego para o website e atraindo os visitantes que realmente interessam. De entre as plataformas disponíveis, anunciar no Google Adwords destaca-se por ser o motor mais utilizado no mundo, detendo 98% do tráfego mundial, o que corresponde a mais de 1 bilião de pesquisas diárias.

 

Mas porquê e como anunciar no Google Adwords? É o que iremos ver no post de hoje: o bê-a-bá de uma campanha de sucesso.

 

O que é o Google Adwords e como funciona?

O Google Adwords é uma plataforma de Publicidade Online, a partir da qual é possível criar e promover anúncios sobre a sua empresa, produtos e/ou serviços, que aparecem quando alguém pesquisa termos relacionados (anúncios de pesquisa) ou visita determinados websites (anúncios de display).

De forma muito resumida, para anunciar no Google Adwords é necessário criar uma conta, definir o orçamento, escolher o tipo de anúncio, indicar a localização, criar, lançar e monitorizar/otimizar o seu desempenho. Ao longo deste processo, existem inúmeras variáveis e passos que devem ser dados, sobre os quais falaremos mais adiante.

 

Porquê anunciar no Google Adwords?

Antes de passar à prática, é importante entender alguns dos principais motivos pelos quais vale a pena anunciar no Google Adwords:

Controlo – Com o Google Adwords, consegue criar, controlar e modificar as suas campanhas com bastante precisão. Para manter a qualidade dos anúncios e uma boa experiência do utilizador, a Google coloca algumas limitações nas configurações que pode realizar. Tem a possibilidade de iniciar ou terminar a sua campanha a qualquer momento.

Custo-benefício – Anunciar no Google Adwords tem um ótimo custo-benefício, pois é possível definir o orçamento diário, escolher as palavras-chave e saber quanto irá pagar por elas. Além disso, pode definir qual será a estratégia de lance, por exemplo se for maximizar cliques, só irá pagar quando alguém clicar no seu anúncio, e se for custo por aquisição os lances serão otimizados de acordo com determinada ação (compra no website, preenchimento de um formulário, etc).

Segmentação – É possível segmentar as suas campanhas de maneira muito assertiva de acordo com o seu tipo (pesquisa ou display), definindo região, sexo, idade, afinidade, dispositivo, contexto, canal, etc. Além disso, pode escolher os dias da semana e horários de exibição. Todas estas opções de segmentação permitem obter ainda melhores resultados com as suas campanhas.

Otimização – Tem a possibilidade de gerir e otimizar o seu anúncio de inúmeras maneiras, por exemplo, para diminuir o CPC (custo por clique). De que forma? Se o seu anúncio obtiver mais cliques para determinada palavra-passe ao longo do tempo, o Google interpreta que a qualidade do seu anúncio está a aumentar para aquela palavra-passe, e isso poderá reduzir quanto paga por ela.

Tráfego de qualidade – Ao anunciar no Google Adwords tem a grande vantagem de obter um tráfego de qualidade, primeiro porque 98% das pesquisas são feitas no Google, depois porque quando o seu anúncio aparece, está indexado a uma palavra-chave ou a um interesse similar à sua oferta, logo, existe uma elevada probabilidade de obter uma conversão de qualidade.

Multifunções – O Google Adwords possui diversas funções para facilitar a sua experiência. Entre elas, podemos destacar: planeador de palavras-chave, remarketing, relatórios de desempenho, avaliação de qualidade dos anúncios, app para smartphone, negativação de palavras-chave, comparativo de palavras-chave, etc.

 

Anatomia de uma campanha de google adwords

Uma Campanha de Google Adwords pode ter vários Grupos de Anúncios (Ad Groups) que, por sua vez, podem incluir vários anúncios. Por exemplo, se a sua empresa vende calçado e quer anunciar no Google Adwords, pode ter um grupo de anúncios para “Calçado de Homem” e outro para “Calçado de Senhora” com vários anúncios e palavras-chave distintas. A vantagem de ter vários anúncios é que pode segmentar melhor, testar diferentes tipos de mensagens e verificar quais os que obtêm mais resultados.

CONTA ADWORDS

CAMPANHA 1 CAMPANHA 2
Orçamento e Configurações Orçamento e Configurações
GRUPO DE ANÚNCIOS GRUPO DE ANÚNCIOS GRUPO DE ANÚNCIOS GRUPO DE ANÚNCIOS
Anúncios Anúncios Anúncios Anúncios
Palavras-Chave Palavras-Chave Palavras-Chave

Palavras-Chave

 

Principais tipos de anúncios no Google Adwords

Existem dois tipos principais de anúncios: Rede de Pesquisa e Rede Display. A escolha do tipo de anúncio deve estar de acordo com o público-alvo e objetivo que se pretende: aparecer na rede de pesquisa, na rede display ou em ambas.

Rede de Pesquisa: Anúncio textual que aparece no Google e nos sites de parceiros quando o utilizador pesquisa por determinada palavra-passe, normalmente logo no início ou na coluna do lado direito (com a indicação “anúncio”). Por exemplo, se vende “ténis de corrida”, pode escolher essa palavra-chave e sempre que o utilizador pesquisar por “ténis de corrida”, visualizar e clicar no seu anúncio, será um potencial cliente, pois para além de estar a pesquisar pelo que oferece, está a mostrar um interesse específico no seu anúncio.

Rede Display: Anúncio textual ou visual que aparece não quando se pesquisa por determinada palavra-chave, mas quando o conteúdo do mesmo está ligado ao contexto do website. Por exemplo, se o utilizador estiver a navegar num website de fitness, o seu anúncio de “ténis de corrida” pode aparecer, sem que esteja necessariamente à procura desse produto mas sem dúvida que tem interesse nele. Nesta rede, composta por milhares de websites de diversos segmentos, é possível criar anúncios textuais ou visuais.

 

Estrutura de um anúncio do Google Adwords

Como referimos anteriormente, uma campanha é formada por um ou vários Grupos de Anúncios que, por sua vez, podem ter vários Anúncios, com palavras-chaves distintas. Para que um anúncio tenha sucesso é muito importante que o potencial cliente sinta que este foi “feito para ele”, ou seja, que responda da melhor forma possível ao que ele procura. Em linhas gerais, o anúncio para a rede de pesquisa do Google Adwords pode ser dividido em 4 partes. São elas:

Título – É a primeira linha do anúncio e deve ter no máximo 25 caracteres. É a parte mais chamativa do seu anúncio e por isso deve refletir aquilo que a pessoa está a pesquisar, de uma forma que cause impacto, chamando a atenção do seu público e indo ao encontro da resolução dos seus problemas.

Linhas Descritivas – São as duas linhas de texto logo abaixo do título e devem conter no máximo 35 caracteres cada uma. Aqui, deve colocar alguns argumentos-chave de forma a incitar a curiosidade e levar a pessoa a clicar no seu anúncio. A colocação de um CTA (Call-to-action) irá ajudá-lo a levar o utilizador a agir, como, por exemplo, “Solicite uma Demonstração” ou “Faça o Download”.

URL de visualização – É um endereço mais curto e fictício, que aparece a verde, e deve ter no máximo 35 caracteres. Esta URL deve conter o seu domínio, e aquilo que oferece, por exemplo www.oseudominio.pt/nomedaoferta.

URL de destino –  É o endereço real e que não aparece no anúncio, mas que irá direcionar o utilizador quando clicar no seu anúncio. Tão importante como criar um anúncio eficaz é ter uma Landing Page que vá de encontro ao que a pessoa pesquisou e que esteja em linha com o próprio anúncio. Procure criar uma página específica e evite direcionar a pessoa para a homepage genérica do seu site, pois a probabilidade dele se frustrar e abandoná-la é bastante elevada.

Para a rede de display do Google Adwords, as possibilidades são inúmeras, desde anúncios de texto até anúncios gráficos, em vídeo ou responsivos. Conheça-as aqui.

 

Como anunciar no Google Adwords?

Por fim, aqui está um passo a passo de como anunciar no Google Adwords:

Pesquise o mercado – antes de criar o anúncio é importante pesquisar o mercado. De que forma o seu público-alvo pesquisa por aquilo que tem para vender e o que os seus concorrentes andam a fazer.

Defina a estratégia – é importante que defina a estratégia para a sua campanha: oferta (o que quer promover), objetivo (o que pretende atingir com a campanha, por exemplo, gerar leads), meta (qual o resultado que quer, por exemplo, aumentar em 10% a geração de leads), métricas de sucesso (KPI’s que o ajudem a monitorizar o sucesso da campanha) e orçamento (quanto irá investir na campanha).

Selecione as palavras-chave – recorrendo ao planeador de palavras-chaves pesquise quais as melhores para atingir aquilo a que se propõe. Para obter resultados ainda mais eficazes, restrinja os cliques indesejados, colocando palavras negativas, ou seja, que quando pesquisadas não ativam o seu anúncio e defina a correspondência (ampla, exata, expressão, etc) para cada uma das palavras-chave.

Garanta uma boa experiência para o utilizador – além das palavras-chave e configurações do Google, nunca se esqueça da importância de garantir a melhor experiência para o utilizador ao longo da trajetória que este faz, ou seja, desde que pesquisa até que converte (pesquisa (palavra-chave / site) -> anúncio -> página de destino).

Acompanhe a conversão – a conversão é a métrica de sucesso de uma campanha. Neste sentido, é importante que crie uma e faça o seu acompanhamento na interface do Google Adwords.

Publique a campanha – chega o momento de publicar a sua campanha. Aqui, há que ter em conta vários pontos, nomeadamente o tipo de campanha, os locais, a estratégia de lances, a rotação dos anúncios e o conteúdo. É muito importante que tenha foco e que os anúncios sejam específicos, personalizados e segmentados.

Monitorize e otimize a sua campanha – a publicação da campanha é apenas metade do sucesso. A partir daí, é essencial que vá acompanhando a performance dos seus anúncios e otimizando-os, de acordo com as métricas de sucesso que definiu inicialmente. Para um bom monitoramento, recomendamos que conecte a sua conta de Adwords ao Analytics de forma a obter dados mais precisos.

 

Conclusão

Neste breve bê-a-bá de como anunciar no Google Adwords demonstrámos, de forma muito sucinta, como é que esta poderosa ferramenta pode alavancar o seu negócio. Estruturar e lançar anúncios pagos pode, aparentemente, parecer fácil, mas transformar esses anúncios numa fonte consistente de leads qualificados, torna necessário um planeamento e acompanhamento que exige tempo e experiência. Não espere, por isso, obter todos os resultados no início. O mais importante na hora de anunciar no Google Adwords é começar por investir um valor reduzindo e ir testando, sempre com foco nas métricas de sucesso para o seu negócio.

 

Se precisar de apoio nesta área, conte com o nosso serviço de Publicidade Online e comece a atrair clientes e potenciais clientes para o seu negócio.

 

Tatiana SantosTatiana Santos
Digital Marketing Manager e Especialista em Adwords
INOVFLOW

 

 

Subscreva a nossa newsletter para ficar a par de todas as novidades e não perder nenhum artigo do blog da INOVFLOW!

 

Inovflow eBook Boas Praticas em TI para PMEs Assinatura

Comments are closed.