A adaptação das empresas à transformação digital do local de trabalho

Uma entrevista a 1278 decisores seniores em organizações comerciais e do setor público na Europa, Oceânia e Estados Unidos, respondem à questão – Como estão as empresas portuguesas a adaptar-se à transformação digital do local de trabalho?

Até 2025, os millennials irão representar mais de 50% da força de trabalho e irão redefinir a cultura empresarial com modelos de trabalho flexíveis e uma abordagem mais aberta à colaboração.

O relatório revela como os gestores das empresas portuguesas estão a planear fazer a passagem do seu ambiente de trabalho atual para uma estratégia que suporte as novas exigências do negócio em 2025.

“As organizações em Portugal afirmam que as suas estratégias de local de trabalho atuais não estão a corresponder às expetativas em várias áreas. A maioria dos participantes no estudo admite que as suas práticas de trabalho atuais não são suficientemente flexíveis para tirar o melhor partido dos seus colaboradores, e também consideram que a tecnologia desatualizada está a travar a progressão do seu negócio. Uma das conclusões mais interessantes do estudo é que a cibersegurança está a atuar como travão da produtividade. Quase metade dos líderes empresariais e tecnológicos portugueses afirmam que a cibersegurança tem um impacto negativo, o que é um nível preocupantemente elevado. Quando os colaboradores são colocados perante procedimentos de autenticação de segurança complexos ou consumidores de tempo, caso tentem desempenhar uma tarefa urgente ou com um prazo particularmente apertado, podem sentir-se encorajados a adotar caminhos não conformes às regras e seguir por atalhos.”

Em Portugal, as empresas estão a preparar-se para o futuro com alterações significativas às políticas corporativas e às suas estratégias tecnológicas.

Com a presença dominante das novas gerações na força de trabalho, “mais de 70% das organizações planeiam adaptar as políticas atuais para fornecer um melhor equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, uma experiência de local de trabalho mais ágil e atrativa, e acesso instantâneo a informação. A necessidade de impulsionar a inovação rapidamente está a forçar as empresas a olhar para lá das paredes da sua organização.”

A boa notícia é que a maioria das empresas portuguesas tencionam melhorar a sua abordagem à segurança, implementando tecnologia biométrica e análise comportamental e contextual para proporcionar uma abordagem menos intrusiva e mais eficaz à autenticação.

Também uma significativa parte das empresas portuguesas planeia investir em áreas que possam contribuir para uma experiência de local de trabalho mais atrativa que apoie a colaboração e impulsione a produtividade.  Surge assim a necessidade de agir rapidamente para conseguir uma abordagem mais eficaz à gestão de conhecimento.

“As estratégias das empresas passam por aproveitar a inovação em IA e a conectividade inteligente, mas não podem ignorar questões essenciais como a redução da dependência de uma tecnologia envelhecida que continua a atrasar a sua capacidade de inovação e de adaptação. A sobrevivência a longo prazo do negócio está em risco, e o futuro precisa de respostas agora, antes que o ritmo da mudança se torne impossível de gerir.”

Via IT Channel

E a sua empresa, como está a adaptar-se à transformação digital do local de trabalho?

A INOVFLOW orgulha-se de poder apoiar a transformação digital do seu local de trabalho e dispõe de soluções que facilitam e agilizam a passagem para uma estratégia direcionada para o futuro. Consulte-nos para que lado a lado possamos focarnos em contribuir para o sucesso da sua empresa e garantir a preparação da mesma nesta mudança!

Comments are closed.