Mais de metade das empresas não possuem software anti-ransomware

De acordo com o estudo “The State of Endpoint Security today”, 54% das empresas sofreram ataques de ransomware no último ano, não possuindo software anti-ransomware. O nosso parceiro Sophos divulga-nos as conclusões em que 2700 organizações de 10 países foram inquiridas.

O ransomware, que continua a crescer, mantém-se como a principal ameaça às empresas, sendo que 31% das empresas inquiridas contam sofrer um ataque de ransomware no futuro. O relatório detalha ainda os setores mais afetados: Saúde e Tecnologias (76%); Energia, Petróleo e Gás (65%); e Negócios e Serviços Profissionais (59%).

No que toca aos ataques de ransomware, a principal preocupação das empresas é o prejuízo a nível financeiro, afirma Ricardo Maté, Country Manager da Sophos Ibéria, com 25% dos inquiridos a estimar um custo entre 13.000 e 70.000 dólares para resgatar um terminal afetado. “Outra preocupação que as empresas devem ter é de que ao contrário do lightning as empresas que sofram um ataque de ransomware podem esperar um novo ataque no espaço de 12 meses com prejuízos financeiros, técnicos e de negócio daí decorrentes”, acrescenta Ricardo Maté.

Na perspetiva da Sophos, não importa de que organização se trata, pois qualquer uma pode ser considerada um alvo. A líder global em segurança de rede e endpoint deixa ainda a mensagem de que “o custo de investir em tecnologia defensiva não é nada comparado ao impacto de um ataque”, alertando para que as empresas estejam preparadas.

Comece por se informar sobre as opções disponíveis para garantir a segurança da sua empresa. Certifique-se de que mantém os seus colaboradores preparados para identificar um ataque.

…E fale connosco para juntos discutirmos as soluções tecnológicas de segurança e proteção que melhor se adequam à sua organização!

 

Aproveite para consultar as nossas soluções em parceria com a Sophos:

Anti-vírus | Proteção Completa | Encriptação | Anti-Phishing | Anti-Ransomware | Gestão Mobile

Comments are closed.