Cibersegurança em 2020 – Tendências a ter em Atenção

Ano Novo, Novas Ciberameaças – com a evolução da tecnologia de um modo geral, também as ciberameaças estão a evoluir e há algumas tendências, para garantir a cibersegurança, a que as empresas têm que estar atentas durante o próximo ano 2020. Quais são as tendências a ter em atenção?


Inteligência artificial


Deteção de rosto, biometria, processamento de linguagem natural e deteção de ameaças: A inteligência artificial está a ser gradualmente adotada em diferentes indústrias e a cibersegurança não é exceção.


Atualmente, é impossível uma organização conseguir responder a todos os ataques que sofre diariamente sem a ajuda da inteligência artificial, no entanto, a técnica é utilizada de ambos os lados e os ciberterroristas desenvolvem cada vez mais métodos sofisticados de malware e ataque.


É preciso relembrar que os invasores não procuram impressões digitais ou dados faciais, mas sim o acesso que está por trás dos métodos de autenticação segura. É assim exigido que as organizações façam a implementação de soluções avançadas.


Tanto quem ataca, como quem defende, vai ter de utilizar todas os avanços que a inteligência artificial tem para oferecer, sob pena de ficar para trás nesta guerra.


Más configurações da cloud


A maioria dos especialistas em segurança considera que a infraestrutura na cloud é mais segura do que o que as empresas construíram para si próprias.


No entanto, os erros humanos durante o processo de configuração podem fornecer aos adversários uma maneira fácil de aceder à informação que as empresas têm guardada nas suas infraestruturas.


Num caso recente, uma configuração incorreta numa firewall de um serviço de cloud pública permitiu o acesso a um arquivo contendo o código para três comandos, para além de uma lista de mais de 700 pastas ou blocos de dados.  


Por isso, é crucial assegurar a gestão da infraestrutura de TI e de sistemas, e garantir a disponibilidade permanente e performance elevada dos recursos computacionais que suportam o seu negócio.


Ransomware


O ransomware tem sido uma verdadeira dor de cabeça para as equipas de segurança. Infelizmente, a técnica não mostra sinais de abrandamento.


Desde o primeiro semestre de 2019, de acordo com os peritos, observou-se uma maior atividade hacktivista e entretanto já mais de três dezenas de organismos públicos foram alvo de “hackers” que conseguiram sequestrar os sistemas informáticos de câmaras e juntas de freguesia em Portugal.


O fenómeno, chamado “ransomware” afeta sobretudo empresas, embora agora já abranja os organismos públicos e prevê-se que em 2020 o número vá aumentar, por até já existir a possibilidade de se contratarem serviços de ransomware para atacar as organizações.


Quer saber rapidamente se a sua organização está protegida? Responda Aqui, ao Quiz que temos preparado para si e saiba a resposta na hora.


É verdade que nem todas as empresas têm a mesma maturidade, mas as empresas vão ficando cada vez mais cientes dos riscos que correm e por mais altos e robustos que sejam os muros erguidos para proteger a informação digital pessoal e das empresas, há sempre a possibilidade de um dia serem transpostos com estas tendências e o melhor é estar preparado.


Medir os riscos e definir prioridades de ação numa situação de crise são passos essenciais para desenhar a resposta mais adequada. 


A INOVFLOW, como Sophos Gold Partner,  conta com uma equipa especializada em produtos Sophos, líder global em cibersegurança, que lhe assegura as soluções de proteção necessárias para a segurança da sua empresa. Não deixe a sua infraestrutura e as aplicações desprotegidas, fale connosco para que possamos ir de encontro aos seus desafios!



duartesilva

Duarte Silva

IT Business Manager

INOVFLOW



Comments are closed.