4 vantagens do renting informático e como pode ser a chave para se manter atualizado tecnologicamente

Face às muitas questões que ainda levanta, hoje vamos falar-lhe do que é e quais as vantagens do renting informático, e como pode ser a melhor opção para não ter que adiar indefinidamente projetos tecnológicos estruturantes e estratégicos para a otimização e competitividade do seu negócio. Já olhou bem para a sua infraestrutura (rede, computadores, aplicações…) e para a forma como as diferentes unidades trabalham e colaboram? Será que tem o que precisa para os níveis de produtividade, agilidade e segurança que o mundo atual exige?  

Todos sabemos que para que tal aconteça é preciso budget e que os recursos disponíveis são limitados. E é precisamente aqui que entra o renting informático.


O que é o renting informático?

O renting informático é uma via alternativa à compra (investimento divido por determinado nº de meses, sem entrada inicial) que permite obter o melhor de dois mundos: apostar na inovação tecnológica e manter liquidez. Ou seja, ter as ferramentas que o seu negócio precisa para prosperar sem que para isso seja necessário alocar recursos imediatos que podem ser necessários noutras rúbricas da atividade. O renting informático é assim um facilitador da renovação da infraestrutura informática (seja hardware, software ou serviços associados), sem investir na aquisição desses ativos. Isto dá a qualquer empresa a possibilidade de manter um ambiente tecnológico moderno e atualizado, a funcionar sem problemas de compatibilidade, segurança, suporte ou integração, e que responde de forma efetiva às necessidades do negócio – hoje e no futuro. 


Quais as principais vantagens do renting informático? 

Em primeiro ligar, há que salientar que o valor da tecnologia não decorre da posse, mas do seu uso. Com o renting tem acesso imediato àquela que precisa, ganha flexibilidade de substituí-la por outra mais recente ao longo do contrato e, ao contrário dos métodos tradicionais de financiamento, o renting não implica qualquer entrada inicial, pagando apenas uma mensalidade reduzida por mês. Vejamos com mais detalhe as principais vantagens:


1. Salto tecnológico para mais produtividade e melhor eficiência

Num único contrato de renting podem ser incluídos hardware, software e serviços. A empresa consegue fazer um levantamento de tudo o que precisa a este nível e negociar um pacote atrativo com a duração que acordar.  E com um conjunto de garantias extra: a manutenção, reparação e substituição dos equipamentos e sistemas cedidos é responsabilidade do fornecedor e deixa de ser uma preocupação – e um custo – para a empresa. É um salto que facilmente se traduzirá em ganhos de produtividade, eficiência, mais tempo e mais condições para inovar e focar atenções nas tarefas que realmente interessam.


2. Finanças saudáveis  

Embora sendo um empréstimo, o renting não implica o recurso a crédito bancário, que continuará a poder ser usado para outros fins. Por outro lado, os contratos de renting são 100% dedutíveis em sede de IRC. Todas as rendas são dedutíveis como despesas operacionais e não estão sujeitas ao imposto de selo sobre os juros e abertura de crédito. Geralmente, o IVA é dedutível e quando não é, tem ainda assim um menor impacto na tesouraria, uma vez que o seu pagamento é distribuído pela duração do contrato.


3. Flexibilidade à medida da evolução do mercado e da empresa 

Um contrato de renting está sujeito a uma renda fixa durante o tempo acordado pelas partes, mas a qualquer momento é possível atualizar o portefólio de soluções e equipamentos integrados no pacote. Imagine que a empresa está a lançar uma nova filial ou que é necessário criar mais uma equipa, para acompanhar um projeto pontual durante um ano. O renting responde rapidamente às necessidades de TI associadas, minimizando o risco inerente ao novo projeto. Ainda tem a vantagem de, no fim do contrato, os recursos voltarem ao prestador de serviço. Ou seja, caso não precise deles nem fica com o investimento “parado”, nem com espaço ocupado. 


4. Mais segurança contra ameaças cada vez mais sofisticadas 

Sistemas e equipamentos obsoletos vão perdendo a capacidade de suportar aplicações mais modernas, receber atualizações dos fabricantes (descontinuidade de versões antigas) ou ser escalados para acompanhar o crescimento do negócio. Em teoria qualquer gestor sabe disto, mas na prática nem sempre é fácil fazer as atualizações necessárias no momento certo e nestas brechas residem boa parte das vulnerabilidades que acabam por ser usadas para desencadear ataques informáticos. O renting informático tem a vantagem de ultrapassar este tipo de constrangimentos porque a empresa estará sempre a usar os sistemas e equipamentos mais recentes que acompanham a cada vez maior sofisticação das ameaças cibernéticas. 



Nos dias que correm um negócio não pode ser competitivo sem uma base sólida, feita de ferramentas que sejam verdadeiros aceleradores da transformação digital e não centros de problemas e de custos, que se tornam obsoletos cada vez mais depressa.

O tecido empresarial, sobretudo as PME, são pressionadas para agilizar processos e hoje podem fazê-lo usando os mesmos argumentos das empresas tipicamente com mais recursos. O renting informático democratiza o acesso às melhores tecnologias e é claramente uma excelente forma de consegui-lo.


A INOVFLOW juntou-se a um parceiro de referência nesta área e tem o know-how necessário para ajudar a sua empresa a abraçar esta oportunidade – desde o diagnóstico à situação atual da infraestrutura da sua empresa, até à identificação de pontos de melhoria, seleção da melhor solução de renting, implementação e suporte ao longo de toda a jornada. Pronto para renovar o parque tecnológico da sua empresa e aproveitar todas as vantagens do renting informático? Fale connosco!

Entretanto, subscreva a nossa newsletter para ficar a par de todas as novidades e não perder nenhum artigo do blog da INOVFLOW.



duartesilva

Duarte Silva

IT Business Manager

INOVFLOW



Comments are closed.